Páginas

sexta-feira, 3 de março de 2017

Conselho aprova parecer das contas do Fundeb de 2016

Salto positivo de R$ 239 mil já foi usado em 2017
O Conselho Municipal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) do Município de Taió, aprovou o parecer das contas relativas à 2016. O parecer e os balancetes foram enviados ao Ministério da Educação na terça-feira, 28/02 e aprovados em reunião ocorrida no dia 23/02. No ano de 2016 foram arrecadados recursos do FUNDEB no valor de R$ 8.567.459,61, como parte dos recursos foram investidos, a rentabilidade financeira foi de R$ 69.414,22. Totalizando R$ 8.636.873,83.
Os conselheiros analisaram os demonstrativos e verificaram, a porcentagem de dos recursos aplicados do FUNDEB. A lei nº9.424/96, determina que 60% dos recursos do Fundo sejam aplicados na remuneração dos profissionais do magistério. Em Taió, esse percentual foi de 84,5021% ou seja, R$ 7.298.345,21. Do valor recebido mais a rentabilidade financeira foram aplicados R$ 1.103.605,40, em folha de pagamento, despesas com manutenção no Ensino Fundamental, Educação Infantil e Transporte Escolar.
O Saldo Contábil do Fundeb no dia 31 de dezembro de 2016, foi de R$ 284.076,44. Esse valor foi utilizado na folha de pagamento e encargos no mês de janeiro/2017 e R$ 49.085,07 ficarão disponibilizados para contrapartida na compra de um ônibus para o transporte escolar e notas extras que foram pagas em 2017.
Na reunião, os integrantes do conselho também analisaram a listagem dos servidores que receberam subsídios do Fundeb e conferiram onde foram gastos e aplicados os recursos da parte dos 40% do Fundo. O valor do Fundeb arrecadado pelo município foi suficiente para cobrir as despesas com folha, pagar parte dos salários de motoristas e custear despesas de manutenção da frota de ônibus escolar. Foi usado para lavação da frota escolar, pagamento de serviços mecânicos, compra de pneus e flores para jardinagem de CEIs.

Nenhum comentário: